Propriedades terapêuticas do âmbar e sua história

Propriedades terapêuticas do âmbar

O âmbar dourado pertence ao reino vegetal. É um fóssil de um amarelo mais ou menos intenso, diáfano e com um cheiro agradável. Além disso, esta resina é incomparavelmente mais durável do que qualquer resina que possamos encontrar na Terra.

No quarto século antes de nossa era, Aristóteles classificava o âmbar juntamente com as substâncias vegetais e outras resinas, como a mirra e o incenso. Neste sentido, em seu trabalho “História Natural”, a enciclopédia de todo conhecimento antigo, Plinius o classifica dessa mesma maneira.

Linda história da âmbar

Thales descobriu, no final do século XVII antes de nosso tempo, que o âmbar atraía corpos de luz quando era esfregado com força: isto é, ele é dotado de propriedades eletrostáticas.

Sobretudo, quarenta milhões de anos atrás, as regiões do centro e norte da Europa eram cobertas por florestas, muitas das quais eram coníferas. 10 milhões de anos depois, essas florestas foram parcialmente engolidas pelas águas. Ou seja, isso explica por que a costa do mar Báltico é rica em resina fossilizada de âmbar. Em razão disso, vários insetos foram incorporados, atraídos por seu lindo cheiro, folhas, penas, pólen, etc.

É um excelente agente de fossilização.

Conservou essas minúsculas amostras terrenas. Então, depois de um longo processo, não muito bem elucidado e através da intervenção de muitos elementos, a resina se transforma em âmbar, ao longo de milhões de anos.

O âmbar do mar Báltico é carregado de lendas e mistérios.

Isto pois, contém “a luz do mundo”. Este âmbar é também chamado de “lágrimas de pássaros marinhos”, hoje. As pessoas ficaram fascinadas pelo âmbar desde os tempos antigos. Neste sentido, atribuindo-lhes poderes mágicos, quase divinos.

Com efeito, na Idade da Pedra, foi usado para fins decorativos e curativos e foi objeto de intenso comércio. Ao passo que, na Europa, encontramos o âmbar do Neolítico, mas especialmente na Idade do Bronze, na Grécia – em Micenas e na Ilha de Creta -, na Itália, Irlanda, Península Ibérica, Alemanha e Pérsia e Índia.

Do que o âmbar é feito?

As peças de âmbar transparente em estado natural são perturbadas apenas pelas diferentes tonalidades, isto porque  variam a partir de uma diversificada gama de castanho avermelhado a um toque de mel. Além disso, variam em razão de marcas geradas pela quantidade e teor de bolhas de ar, o que dá uma variedade infinita de tons e nuances que mudam dependendo da luz.

A resina fossilizada torna-se um mineral fácil de cortar e seduz pela sua cor e brilho.

Diante de tanta beleza, o homem usa o âmbar para fazer suas joias, adornos maravilhosos, cheios de espiritualidade.

Galli usava âmbar como um talismã, os romanos colocavam-no em seu cabelo ou ao redor do pescoço para afastar os maus espíritos. Na Idade Média, artesãos de Bruges eram famosos por fazerem rosários para os Cavaleiros.

No Marrocos, os talismãs de âmbar removiam as ações malignas dos espíritos. Queimado, o âmbar emana um perfume amado pelos deuses. Os romanos queimavam âmbar para liberar sua essência.

Aplicações terapêuticas

Âmbar também tem muitas virtudes terapêuticas e benéficas sentidas por muitas pessoas, razão pela qual ele tem sido chamado de “pedra mágica” desde os tempos antigos.

Ele é usado para ativar a circulação sanguínea, aliviar febre e infecções, asma e vias aéreas, combater a fadiga, estresse e depressão, age sobre as glândulas endócrinas. Além disso, cuida e ajuda a aliviar as irritações de pele.

Nos bebês, um colar de âmbar tem o efeito de ajudá-los a dormir.

Esta prática ainda existe em alguns países do sul e acredita-se que ajuda a aumentar os dentes e remover a irritação da pele. Além desses, existem muitos outros benefícios terapêuticos do âmbar.

Então, graças a essas virtudes, o âmbar atua diretamente no campo energético. Motivo pelo qual, traz calma, força e equilíbrio. Hoje, estudos têm permitido que seja usado para tratar a dor articular devido ao reumatismo.

O âmbar amarelo produz íons negativos por atrito, o que favorece o movimento de energia por todo o corpo. Isso elimina a fadiga causada pela poluição eletromagnética.

 

A eficácia de tal joalheria é devida ao nível de ácido succínico na sua composição.

O âmbar é assim tão benéfico para o corpo em razão do conteúdo de ácido succínico. Neste sentido, estudos científicos recentes têm mostrado que o ácido succínico encontrado no âmbar acelera a cicatrização de feridas, dor muscular, reduz a inflamação da garganta, do ouvido, do estômago, impede o desenvolvimento de doenças respiratórias, reduz os sintomas de cólicas, reduz o refluxo ácido, reduz o eczema e melhora as funções do coração, do fígado, dos rins e do intestino.

Em vista disso, como um curativo forte, é benéfico para o sistema endócrino, estômago, baço, purifica o corpo, tireoide, pescoço e fortalece o sistema nervoso. Por isso, é benéfico, ainda, para casos de dor de estômago, febre, úlceras, asma, dor de ouvidos, reumatismo, hemorragia nasal. Além do mais, também reduz as dores do parto e a dor no corpo.

Como o Báltico Âmbar pode nos ajudar?

Alivia a dor

As excelentes propriedades medicinais do âmbar do Báltico incluem analgésicos que reduzem ou eliminam a dor associada à dor de cabeça, ao frio, ao desconforto dental causado pela dentição, etc.

Fortalece o sistema imunológico

O ácido succínico é a substância primária em Âmbar Báltico Natural e tem a notável capacidade de fortalecer o sistema imunológico, acelerar a cura natural, a fim de proteger o corpo contra infecções.

Recuperação de energia

O succinato é uma matéria pura e um dos principais catalisadores do ciclo de Krebs. Em outras palavras, uma das nossas principais fontes de energia. Assim, durante este ciclo, nossos corpos transformam carboidratos, gorduras e proteínas em energia. Indubitavelmente, o corpo humano também produz naturalmente ácido succínico. Entretanto, apenas até uma determinada capacidade. Contém sal de ácido succínico, que é uma das substâncias principais na respiração celular. Assim, o ácido succínico restaura ambos oxigênio e energia para as células enfraquecidas e ajuda o corpo a voltar ao normal.

Manter o bem-estar

Sob estresse ou pressão, as células do corpo humano precisam de mais oxigênio em um tempo menor. A falta de oxigênio leva à letargia. Isto porque é vital para a criação intracelular de energia. Então, quando o corpo tem um baixo nível de oxigênio, há um alto risco de doença. Um corpo saudável tem um equilíbrio de pH do sangue ligeiramente alcalino. Ou seja, isso significa que o oxigênio é facilmente absorvido em todas as áreas críticas.

Interrupção do ciclo de inflamação crônica

Sempre que há uma forma de inflamação crônica, a maior probabilidade é que haja uma doença. Desta forma, através da inflamação celular crônica, o sistema imunológico aumentará automaticamente a produção de radicais livres. Razão pela qual, em excesso, podem causar uma doença associada à inflamação. A inflamação crônica é um dos fatores ocultos em muitas doenças semelhantes, mas não relacionadas.

 Âmbar funciona para você

Usar joias de âmbar natural do Báltico não cura qualquer ferida, mas, certamente, provou ser um inimigo da dor e das doenças indesejáveis. Por que não usar âmbar no trabalho para ajudá-lo a se sentir melhor e mantê-lo saudável?

www.ambaroriginal.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *